AddThis Social Bookmark Button
Qui, 24 de Março de 2011 20:57
Sansão - Relacionamentos Destrutivos

MeninaVamos fazer uma breve análise sobre a vida de Sansão; nazireu, consagrado a Deus desde o nascimento, escolhido para livrar Israel dos Filisteus, mas que “quebrou a aliança e perdeu a visão”. Desde o início a vida de Sansão veio de um milagre, a sua mãe era estéril, mas o Senhor abençoou o seu ventre com Sansão.  “Agora pois, toma cuidado, e não bebas vinho nem bebida forte, e não comas coisa alguma impura; porque tu conceberás e terás um filho, sobre cuja cabeça não passará navalha, porquanto o menino será nazireu de Deus desde o ventre de sua mãe; e ele começara a livrar a Israel da mão dos filisteus.” (Juízes 13: 4-5). Deus deu uma promessa a Sansão, livrar o povo que sofria nas mãos dos filisteus por quarenta anos.

Sansão não deveria tocar em coisas impuras e nem jamais contar o seu segredo, ou seja, o que o Senhor havia derramado sobre ele. Na trajetória de Sansão ele matou o leão, derrotou muitos, e surpreendeu o seu povo que o tinha como escolhido de Deus. Qual foi o erro de Sansão? “Porque não nos chamou Deus para a imundícia, mas para a santificação.” (1 Tessalonicenses 4:7). Deus sempre deu a Sansão a oportunidade de vencer dando força e derramando o Espírito dele quando precisava, mas o Espírito de Deus não pode habitar em lugar impuro.


O erro de Sansão foi ter entrado em lugar onde não era permitido, em um relacionamento que não era da vontade do Senhor para ele, um lugar impuro. “Depois disto se afeiçoou a uma mulher do vale de Soreque, cujo nome era Dalila” (Juízes 16:4). A primeira coisa que pode ser identificada em um relacionamento que não é da vontade de Deus é quando você é tirado da direção dEle. O amor puro que vem de Deus, jamais irá pedir para você fazer algo que não pode, que não está de acordo com a palavra. “Disse, pois, Dalila a Sansão: Declara-me, peço-te, em que consiste a tua grande força, e com que poderias ser amarrado para te poderem afligir.” (Juízes 16: 6). Qual amor verdadeiro irar tramar contra você?

O amor de Sansão foi colocado a prova, “Disse-lhe ela: como podes dizer: Eu te amo! Não estando comigo o teu coração? Já três vezes zombaste de mim, e ainda não me declaraste em que consiste a tua força. E sucedeu que, importunando-o ela todos os dias com as suas palavras, e molestando-o, a alma dele se angustiou até a morte.” (Juízes 16: 16) Muitas pessoas tem vivido assim, tendo que provar dia a dia que amam e que são fiéis, a confiança faz parte do relacionamento.

“O amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não se ensoberbece, não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal; não se regozija com a injustiça.” (I Coríntios 13: 4-6)

Sansão vivia angustiado tentando satisfazer os seus desejos, sofrendo para manter os seus próprios anseios, o jugo desigual o levou a ruína. Isto é uma situação a qual podemos comparar com situações atuais. Quantas pessoas estão definhando em relacionamentos? Abandonam as suas casas, saem da cobertura dos seus pais, quebram os seus princípios para satisfazer aos desejos de alguém pela qual acham que são amadas?

“E descobriu-lhe todo o seu coração, e disse-lhe: Nunca passou navalha pela minha cabeça, porque sou nazireu de Deus desde o ventre de minha mãe; se viesse a ser rapado, ir-se-ia de mim a minha força, e me tornaria fraco, e seria como qualquer outro homem.

Vendo Dalila que ele lhe descobrira todo o seu coração, mandou chamar os chefes dos filisteus, dizendo: Subi ainda esta vez, porque agora me descobriu ele todo o seu coração.
E os chefes dos filisteus subiram a ter com ela, trazendo o dinheiro nas mãos. Então ela o fez dormir sobre os seus joelhos, e mandou chamar um homem para lhe rapar as sete tranças de sua cabeça. Depois começou a afligi-lo, e a sua força se lhe foi. E disse ela: Os filisteus vêm sobre ti, Sansão! Despertando ele do seu sono, disse: Sairei, como das outras vezes, e me livrarei. Pois ele não sabia que o Senhor se tinha retirado dele.” (Juízes 16: 17-20).

O pacto com o Senhor foi quebrado, a presença de Deus se afastou de Sansão.  Sem a presença de Deus não somos nada, sem a aprovação dele sobre nós caminhamos por lugares aonde nunca chegaremos a um propósito. Mas Deus é Deus de misericórdia, e mesmo que venhamos a pecar, e sair da sua direção ele sempre investirá em nós!!! “Então Sansão clamou ao Senhor, e disse: Ó Senhor Deus! lembra-te de mim, e fortalece-me agora só esta vez, ó Deus, para que duma só vez me vingue dos filisteus pelos meus dois olhos” (Juízes 16: 28). Sansão sofreu as conseqüências por tudo, ele morreu, mas pela última vez o Senhor lhe deu a vitória, e a bíblia fala que ele matou mais pessoas quando morreu do que enquanto estava vivo.

Situações como a de Sansão ocorrem em nossa sociedade todos os dias, relacionamentos conturbados podem passar pela vida de muitas pessoas, não só por causa do julgo desigual, mas por entrarem em um local que não era permitido, que não tinham a benção de Deus. E uma grande ferida é aberta, as cicatrizes são lentas e para voltar a se mover é muito difícil. Mas quando há o arrependimento, concerto com o Senhor, o Espírito dEle vem e restaura todas as coisas, Deus não desiste de nós quando caímos. O termino de um relacionamento não é o fim, Deus tem o melhor para você, lembre-se, “quem é Rebeca se casa com Isaque, e quem é Isaque se casa com Rebeca”!

 

Autora: Manuela Evelyn (Equipe Romance em Deus)

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Nosso Canal